musicas.mus.br

Letras de músicas - letra de música - letra da música - letras e cifras - letras traduzidas - letra traduzida - lyrics - paroles - lyric - canciones - ESTRANHA LOUCURA / FALANDO SéRIO / SUFOCO / ALéM DO HORIZONTE / MEU ÉBANO / NEGA (PART ALCIONE) - ROBERTO CARLOS - música e letra

Utilize o abecedário abaixo para abrir as páginas de letras dos artistas

A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z

Estranha Loucura / Falando Sério / Sufoco / Além do Horizonte / Meu Ébano / Nega (part Alcione) letra


Minha estranha loucura
É tentar te entender e não ser entendida
É ficar com você
Procurando fazer parte da tua vida

Minha estranha loucura
É tentar desculpar o que não tem desculpa
É fazer dos teus erros
Num motivo qualquer a razão da minha culpa

Minha estranha loucura
É correr pros teus braços quando acaba uma briga
Te dar sempre razão
E assumir o papel de culpada bandida

Ver você me humilhar
E eu num canto qualquer dependente total do teu jeito de ser

Minha estranha loucura
É tentar descobrir que o melhor é você

Falando sério
É bem melhor você parar com essas coisas
De olhar para mim com olhos de promessas
Depois sorrir como quem nada quer

Você não sabe
Mas é que eu tenho cicatrizes que a vida fez
E tenho medo de fazer planos
De tentar e sofrer outra vez

Falando sério
Eu não queria ter você por um programa
E apenas ser mais um na sua cama
Por uma noite apenas e nada mais

Falando sério
Entre nós dois tinha que haver mais sentimento
Não quero seu amor por um momento
E ter a vida inteira para me arrepender

Não sei se vou aturar
Esses seus abusos
Não sei se vou suportar
Os seus absurdos
Você vai embora
Por ai afora
Distribuindo sonhos
Os carinhos que você me prometeu
Você me desama
E depois reclama
Quando os seus desejos
Já bem cansados
Desagradam os meus

Não posso mais alimentar
A esse amor tão louco
Que sufoco
Eu sei que tenho mil razões até
Para deixar de lhe amar
Não, mas eu não quero
Agir assim, meu louco amor
Eu tenho mil razões
Pra te perdoar

Se você não vem comigo
Tudo isso vai ficar
No horizonte
Esperando por nós dois

Se você não vem comigo
Nada disso tem valor
De que vale o paraíso
Sem amor

Além do horizonte
Existe um lugar
Bonito e tranqüilo
Pra gente se amar

Você é um negão de tirar o chapéu
Não posso dar mole se não você
Me ganha na manha e babau
Leva meu coração

É, você é um ébano, lábios de mel
Um príncipe negro, feito a pincel
É só melanina cheirando a paixão

É, será que eu caí na sua rede, e ainda não sei
Sei não, mas tô achando que já dancei
Na tentação da sua cor

Pois é, me pego toda hora querendo te ver
Olhando pras estrelas pensando em você
Negão, eu tô com medo que isso seja amor

Moleque levado, sabor de pecado, menino danado
Fiquei balançada, confesso, quase perco a fala
Com o seu jeito de me cortejar
Que nem mestre sala

Meu preto retinto, malandro distinto
Será que é instinto
Mas quando te vejo enfeito meu beijo, retoco o batom
A sensualidade da raça é um dom
É você, meu ébano, é tudo de bom!

Nega
A tristeza logo passa
Chega
Vem correndo, vem me abraça
Olha
Satisfaz o meu desejo
Molha
Minha boca nesse beijo

Fiquei o tempo todo
Olhando o sorriso dela
A minha solidão
Troquei pelo abraço dela
Agora o meu balanço
Está no balanço dela
Gosto dela

O tempo todo
Olhando o sorriso dela
A minha solidão
Troquei pelo abraço dela
Gosto dela

A minha solidão
Troquei pelo abraço dela
Agora o meu balanço
Está no balanço dela
Gosto dela

Roberto Carlos - Letras

©2003 - 2017 - musicas.mus.br